Twitter suspende conta de Médicos pela Liberdade

Brasil: Twitter suspende conta de Médicos pela Liberdade

Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Em mais um ato de censura, o Twitter suspendeu nesta quinta-feira (11) a conta do grupo Médicos pela Liberdade.

A Big Tech argumentou que o perfil violou suas regras, mas ainda não se manifestou de maneira oficial.

Mayara Stelle e Leonardo de Carvalho de Leal que ‘administram’ o perfil do grupo ativista pró-censura, Sleeping Giants, comemorou o cancelamento.

“Parece que o Twitter Brasil anda cada vez mais atento ao seus termos de uso”, declararam.

O grupo de médicos atua em prol “das liberdades individuais e contra o totalitarismo disfarçado de ciência.”

No Twitter o perfil somava cerca de 61 mil seguidores.

“Em breve trago o link da 2ª – conta -, pois a batalha vai continuar”, disse o grupo através de um comunicado no Instagram.

“Para desgosto da patota azul PhD”, completou. O cancelamento vem na esteira de diversos atos de censura das Big Techs no Brasil e no Mundo.

No último dia 03 de janeiro o YouTube baniu os dois canais do Terça Livre TV, o que o Sleeping Giants também comemorou.

Também nesta quinta-feira, o perfil do Projeto Veritas foi suspenso pelo Twitter.

Conforme o Terça Livre noticiou, o Veritas é um dos maiores portais de denúncias e recentemente expôs detalhes dos planos da rede social para replicar medidas de censura em todo o mundo e também foi responsável pela denúncia que resultou na prisão de Rachel Rodriguez, acusada de fraude eleitoral na eleição presidencial dos Estados Unidos em 2020.

Matéria de Bruna Lina do Terça Livre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras Notícias...