Cultura do Carnaval é Utopia

Opinião: Efeitos devastadores na economia com a cultura do carnaval brasileiro

Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

O Carnaval é uma festa brasileira que existe há décadas e está enraizada na cultura do povo brasileiro. É claro, quem não gosta de aproveitar um período de folga para descansar ou pular na folia? Por anos o carnaval movimentou milhões de reais ao trazer para o Brasil estrangeiros que veem na festa brasileira um momento de descontração cultural.

Porém, no entanto em 2021 talvez essa festa não seria muito propícia a acontecer e de fato não aconteceu como em anos anteriores, porém como a cultura de um “feriado” que não existe ficou arraigada na mente dos brasileiros, muitas empresas, e repartições públicas declararam ponto facultativo para esse período do ano.

Será que estamos realmente levando a sério o que está acontecendo ao nosso redor? pelo visto parece que não! Não posso afirmar que todos os brasileiros pensam assim, de sempre levar na base da folia e brincadeira momentos que deveriam pensar em como sobreviver ao caos que se aproxima.

Quantos se lembram da alegoria infantil que conta a “estória” do Gafanhoto e a Formigas? vamos recapitular um pouco… Numa floresta enquanto as formigas trabalhavam arduamente recolhendo alimentos para uma estação do ano que ainda se aproximaria, o gafanhoto, anda entre as formigas satirizando-as dizendo que elas não estavam aproveitando a vida, porém um dia, um rigoroso inverno chegou e as formigas estavam preparadas para suporta o frio gelado. Depois que o inverso passou as formigas viram o gafanhoto que havia morrido congelado.

A própria bíblia nos indica para tomarmos com exemplo a formiga “ó preguiçoso” (provérbios 6:6-11).

Então porque ainda temos a cultura de mesmo sabendo que estamos vivendo momentos onde devemos colher para sobreviver a um “Inverno Rigoroso” paramos 5 dias no mês de fevereiro para descansar? Descansar do quê cara pálida?

Não foram todos que resolveram parar. Ao andar pelo comércio local nos dias que supostamente seria o carnaval, deparei com uma triste realidade, mesmo que o comércio tenha sido reaberto, notei quase 100% das lojas vazias, amargando prejuízos com a falta dos clientes.

Cada empresário quer manter seu negócio aberto e funcionando correto? disso depende sua sobrevivência e disso depende a sobrevivência dos empregados e colaboradores, mas quando os clientes se afastam o que sobra para tais empresários é simplesmente fechar as portas e dispensar seus funcionários.

Não estamos em ocasião para desfrutar de feriados prolongados, estamos vivendo tempos sombrios onde se faz necessário mudar a cultura da vida boa e começar a impulsionar a roda da economia, caso contrário, não teremos nada o que desfrutar no futura muito próximo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras Notícias...